Área de atuação

Política Socioambiental

Processos Participativos

Política pública, comumente referida no plural políticas públicas, é a soma das atividades dos governos, que agem diretamente ou através de delegação, e que influenciam a vida dos cidadãos. Vargas Velasques define o termo como "conjunto de sucessivas iniciativas, decisões e ações do regime político frente a situações socialmente problemáticas e que buscam a resolução delas, ou pelo menos trazê-las a níveis manejáveis". Já para Maria Paula Dallari Bucci, atenta à distinção realizada por Ronald Dworkin entre “principles” e “policies” e à teorização de Robert Alexy sobre ações positivas do Estado, “políticas públicas são programas de ação governamental visando a coordenar os meios à disposição do Estado e as atividades privadas, para a realização de objetivos socialmente relevantes e politicamente determinados. 

HIPERFOCO

Três pontos focais em contextos complementares

Administrativo

Análise, formulação, implementação e monitoramento de políticas públicas socioambientais.

Participativo

Planejamento e desenvolvimento de processos participativos incluindo produção de eventos participativos tais como audiências públicas, workshops, feiras e oficinas.

Negocial

Organização e articulação de agendas da conciliação entre entes federativos e de interfaces governo-comunidades-empresas.

Caso Amazônia Brasileira

Modelo: Pressão -> Estado -> Resposta

Relações causais de política pública de combate ao desmatamento na Amazônia Brasileira – modelo: pressão – estado – resposta. Análise feita a partir de interpretação de dados históricos de desmatamento, oficinas de debate e entrevistas com gestores públicos no âmbito da avaliação do Plano de Prevenção e Combate ao Desmatamento na Amazônia Brasileira (PPCDAM).